Os 6 principais suplementos dietéticos

Por milhares de anos, a fitoterapia foi a forma predominante de cuidados de saúde no planeta. Para muitas pessoas, ainda é. Em nossa mudança para a medicina moderna, muito dessa antiga sabedoria foi tristemente perdida, rejeitada como superstição de pessoas primitivas. Pesquisas recentes estão provando, no entanto, que nossos ancestrais eram mais inteligentes do que eles foram creditados. Acontece que muitos dos benefícios dos remédios tradicionais à base de plantas estão sendo confirmados pela ciência moderna. As pessoas usam e confiam em terapias alternativas e complementares mais agora do que nunca.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Lei de Saúde e Educação dos Suplementos Dietéticos dos Estados Unidos (DSHEA), um suplemento dietético é definido como qualquer produto que se destina a suplementar a dieta. Suplementos dietéticos são regulados pela Food and Drug Administration (FDA) dos EUA. Suplementos comuns incluem vitaminas, minerais, ervas, plantas, aminoácidos e outros nutrientes. Suplementos estão disponíveis sem receita médica e vêm em uma variedade de formas, como comprimidos, cápsulas, líquidos e pós.

Quem pode se beneficiar de tomar suplementos?

Mais da metade de todos os americanos usam suplementos alimentares. Então, quem pode se beneficiar mais de tomar suplementos? A resposta curta é que, em algum momento, quase todo mundo. No entanto, existem certos grupos de pessoas que podem encontrar suplementos de maior importância crítica.

Veganos e Vegetarianos

Apesar do que os amantes de carne podem lhe dizer, você pode facilmente satisfazer todas as suas necessidades nutricionais diárias com uma dieta orgânica à base de plantas. A única exceção possível é a vitamina B-12, pois os alimentos de origem animal são a principal fonte dessa vitamina.

Há uma abundância de alimentos à base de plantas enriquecidos com B-12, mas aconselho cautela, pois esses alimentos tendem a ser fortemente processados. Um suplemento vegan B-12 como o VeganSafe B-12 ™ pode ajudar a preencher essa lacuna.

Mulheres Grávidas e Mães de Enfermagem

Não é surpresa que o crescimento de um ser humano dentro do seu corpo aumente suas necessidades nutricionais. Há uma série de suplementos específicos para a gravidez no mercado hoje, mas alguns dos principais nutrientes a que você deve prestar atenção são folato, vitamina D e ferro.

Adultos mais velhos

À medida que envelhecemos, as alterações hormonais tornam cada vez mais difícil obter vitaminas e minerais corretos. A perda óssea se torna um problema, especialmente para as mulheres. Suplementar com vitamina D e cálcio pode ajudar a reduzir os efeitos.

A deficiência de vitamina B-12 pode deixar os idosos em risco de demência. Um suplemento B-12 de qualidade pode fornecer a nutrição de que precisam. Outros bons suplementos para idosos incluem ácidos graxos ômega-3, proteínas e probióticos.

Aqueles com problemas de absorção

A má absorção é quando o seu corpo não consegue absorver adequadamente os nutrientes. Certas condições médicas podem causar ou agravar a má absorção. Da mesma forma, certos medicamentos, incluindo tetraciclina, antiácidos e medicamentos para obesidade, podem causar má absorção.

Se você tem distúrbios digestivos, doenças graves, organismos prejudiciais ou está passando por terapias médicas agressivas, a adição de vitaminas e minerais extras com suplementos pode ajudá-lo a atingir suas necessidades diárias recomendadas.

Os 6 principais suplementos dietéticos

Então, quais são os melhores suplementos dietéticos? Depende. Existem centenas, se não milhares, de suplementos dietéticos, e cada um tem seus usos. Os melhores suplementos para você dependem de suas necessidades, estilo de vida e fisiologia.

Esta é uma lista geral dos suplementos que a maioria das pessoas poderia se beneficiar com base nas observações que fiz ao longo da minha carreira.

1. Cálcio

O cálcio é o mineral mais abundante no corpo, perfazendo quase 2% do peso total do corpo. Globalmente, um escalonamento de 3,5 bilhões de pessoas está em risco de deficiência de cálcio. Muitos deles estão entre os idosos.

À medida que envelhecemos, tendemos a perder massa óssea. Um suplemento de cálcio pode ajudar a compensar a diferença. Recomendo o IntraCal ™, uma fórmula que combina orotato de cálcio e orotato de magnésio para garantir a absorção ideal.

2. Vitamina D

A vitamina D está envolvida em numerosos processos fisiológicos e é particularmente importante para os seus sistemas esquelético, imunológico, endócrino e cardiovascular. Seu corpo pode produzir esse nutriente quando sua pele é exposta à luz solar.

Infelizmente, nossa sociedade passa mais tempo dentro de casa do que em qualquer outro momento da história. Complicar isso é a nossa dependência excessiva de protetor solar quando estamos ao ar livre.

Estamos tão preocupados com o câncer de pele que nos tornamos excessivamente vigilantes contra o sol, bloqueando toda a exposição ao sol e esgotando nossos níveis de vitamina D.

Alguns estudos estimam que até 77% dos americanos vivem com alguma forma de deficiência de vitamina D, a maioria sem sequer perceber. Segundo a Harvard School of Health, um bilhão de pessoas em todo o mundo tem baixos níveis desse nutriente.

A melhor maneira de resolver isso é passar mais tempo ao sol, mas, se isso não for possível, um suplemento de vitamina D como o Suntrex D3 ™ pode ajudar.

3. Iodo

A deficiência de iodo é um dos problemas de saúde mais comunsno planeta. Segundo a OMS, mais de dois bilhões de pessoas no mundo são deficientes em iodo. Destes, cerca de 50 milhões vivem com graves repercussões de deficiência de iodo, como danos cerebrais.

O iodo é crucial para o bom funcionamento da tireóide e da saúde hormonal. No geral, um suplemento de iodo de qualidade pode ajudá-lo a obter o iodo que você precisa.

4. Vitamina B-12

Você se sente lento e sonolento durante o dia? Você pode ser um dos estimados dois quintos dos americanos que vivem com deficiência de vitamina B12. A vitamina B-12 é necessária para glóbulos vermelhos saudáveis, função cerebral e síntese de DNA.

Uma deficiência pode causar anemia, fadiga, fraqueza, constipação e perda de apetite.  Deixada desmarcada, pode levar a dificuldade para caminhar, equilíbrio ruim, confusão e, em casos extremos, demência.

5. Probióticos

Seu corpo, especialmente seu intestino, é o lar de colônias de bactérias benéficas. Chamamos isso de microbiota e isso pode influenciar sua saúde de maneiras significativas. Ajuda a apoiar a digestão e o sistema imunológico. Uma microbiota saudável pode até afetar a saúde mental.

É importante manter suas boas bactérias saudáveis ​​ou as ruins podem assumir o controle. Um bom suplemento probiótico pode ajudar a manter sua microbiota forte e seu corpo em equilíbrio.

6. Suplementos para perda de peso

Mais do que qualquer outro suplemento nesta lista, tenha cuidado com os suplementos de perda de peso. Se algo parece bom demais para ser verdade, provavelmente é.

A perda de peso não vem de pílulas, vem de trabalho duro, força de vontade e mudanças de estilo de vida a longo prazo.

Dito isto, existem alguns nutrientes que, quando combinados com uma dieta saudável e exercício físico regular, podem ajudar um metabolismo lento. Estes suplementos de aumento de metabolismo podem ajudar a dar-lhe uma vantagem extra como parte de um estilo de vida saudável em geral, mas não fará absolutamente nada se mantiver maus hábitos alimentares e escolhas de estilo de vida pobres.

Quão Seguro São Suplementos Dietéticos?

Na maioria dos casos, os suplementos dietéticos são seguros quando usados ​​conforme as instruções. No entanto, é importante consultar um profissional de saúde confiável antes de iniciar qualquer novo regime de suplemento.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns suplementos podem ter efeitos fortes no corpo. Embora normalmente benéficos, esses efeitos podem interagir com medicamentos de maneiras inesperadas.

Por exemplo, a vitamina K ajuda o coágulo sanguíneo. Como resultado direto, reduzirá a eficácia dos anticoagulantes. Isso não quer dizer que a vitamina K seja perigosa, apenas preenche uma finalidade específica. Se você está propenso a sangramento excessivo, a vitamina K pode ser muito útil, mas é muito menor se você está tentando afinar o sangue.

A vitamina K é apenas um exemplo. Cada suplemento tem efeitos colaterais em potencial dependendo do tamanho da porção, sua fisiologia e interações com quaisquer outras ervas e medicamentos em seu sistema. Seja extremamente cauteloso em tomar suplementos se estiver grávida ou amamentando, e nunca inicie uma criança em suplementos sem aprovação profissional.

Toxicidade

Na grande maioria dos casos, a toxicidade só ocorre quando os suplementos são utilizados de forma imprudente. Nunca exceda o tamanho da dose recomendada. Embora quantidades excessivas de alguns suplementos, como a vitamina C, simplesmente sejam eliminadas do sistema, outras podem se acumular em níveis perigosos.

Por exemplo, seu corpo não tem como se livrar do excesso de ferro, e uma overdose pode levar a toxicidade de ferro potencialmente fatal.

Natural vs. Sintético

Esteja ciente da diferença entre suplementos sintéticos e naturais. Cada um é exatamente o que parece. Suplementos naturais são feitos usando ingredientes desenhados diretamente de fontes naturais e vegetais.

Suplementos sintéticos são fabricados com ingredientes e produtos químicos feitos em laboratório. Eles são feitos para imitar o efeito das vitaminas naturais, mas geralmente não funcionam tão bem no corpo humano.